Como Escolher os Móveis Para o Quarto dos Bebês

É sempre uma tarefa muito gostosa fazer a decoração de quartos de bebês e de crianças. Isto por várias razões, entre elas a alegria de estar envolvido na preparação para a chegada de um novo membro da família.  Há algumas questões, no entanto, que devem ser considerada para que a escolha dos móveis do quarto do bebê seja feita sem grandes problemas. Todos os móveis devem ter um toque de leveza, bem como traços delicados e formatos adequados ao conjunto, de modo a contribuírem com um ambiente mais charmoso, prático e funcional.

 

O primeiro móvel que em geral os pais fazem a escolha é o berço. Ele deve responder a certos padrões de segurança, acima da beleza. Também devem ser práticos e duráveis, mesmo que sejam usados por pouco tempo, afinal, a vida de um bebê dentro do berço não será maior do que 3 anos.

 

É possível encontrar modelos criativos e tradicionais, como o berço americano, que darão aquele toque ao cômodo. Sendo assim, faça do berço um artifício poderoso na decoração. No caso da princesinha, vale investir num bercinho provençal, já que possui traços bem trabalhados. Já, para os meninos, uma boa opção é aquele com o formato de carrinho, ou aquele modelo de berço colorido. Todos podem ser encontrados em lojas especializadas na revenda de móveis para quartos de bebês e de crianças.

 

Outro móvel que é indispensável em um quarto de bebê é a cômoda. A cômoda muitas vezes tem multifuncionalidade: serve ainda como trocador. A cômoda também tem sido excelente alternativa, na escolha dos móveis para o quarto do bebê, em especial se este dispõe de pouco espaço, e ainda contribui de forma muito charmosa e eficaz com o ambiente. Para dar um toque mais divertido no ambiente, a sugestão é apostar numa cômoda multicolorida, ou então, numa única tonalidade mais alegre, como laranja ou verde-limão. Investir num modelo mais despojado, e optar por puxadores com motivos infantis mais descontraídos fará toda diferença.

 

Para quartos de bebês a melhor opção para acomodar as roupinhas, os acessórios e os brinquedos é a utilização de um pequeno armário e vários nichos. Um armário com portas em acrílico, por exemplo, é uma boa alternativa: além de dar um toque delicado, também auxilia na hora de visualizar as peças. Pendurar nichos é outra excelente opção para organizar, e dar aquele charme ao quarto do bebê.

 




Como Escolher as Cadeiras da Mesa da Sala de Jantar

Cadeiras são móveis que custam muito caro. E a escolha delas precisa ser bastante assertiva e estar de acordo com outras peças do mobiliário – em geral, com a mesa da sala de jantar – porque não se trata de peças que podem ser repostas a cada seis meses.  A compra de cadeiras de qualidade deve ser vista como um investimento para o seu mobiliário.

 

A justificativa de alguns designers para o preço de cadeiras ser tão elevado é a dificuldade em se projetar cadeiras de alto padrão e com um nível de beleza aceitável. De acordo com os projetistas de cadeiras, elas requerem um estudo profundo de dimensões e posturas do corpo humano, além da resistência e propriedades dos materiais usados em sua construção. Por isso, é fundamental experimentar vários modelos, afinal, um assento confortável para uma pessoa pode não ser para outra.

 

A escolha de cadeiras para a casa, deve sempre começar pelas que serão utilizadas na mesa de jantar. Trata-se de um local que sempre recebe uma grande circulação de pessoas – é o local de encontro e reunião da família, bem como serve para local de eventos mais intimistas.

 

Há aqui algumas dicas que devem ser consideradas para a escolha de cadeiras para mesa da sala de jantar. Se a mesa tiver a base ou tampo muito trabalhados, procure cadeiras mais simples, e vice versa. Lembre-se que uma peça deve valorizar a outra, e não competir com ela. As cadeiras podem ser com ou sem braços, mas uma dica para tirar a monotonia é usar as com braços, ou de modelos diferentes nas cabeceiras.

 

Mas elas não precisam ser compradas em  conjunto com os móveis combinados, pois a mistura de estilos e materiais é sempre mais interessante. Se há uma  mesa contemporânea escolha por cadeiras que tenham estilo de época; caso a mesa seja de cristal, uma ótima escolha são as cadeiras de madeira, quebram o luxo e delicadeza; já os que têm mesas em laca as cadeiras em couro são perfeitas.

 

Vale ainda pensar no conjunto que se deseja formar. Uma cadeira muito trabalhada e com encosto alto pode ser linda, mas se usada em uma mesa para oito pessoas pode criar um efeito muito pesado para o ambiente. Caso precise comprar tecidos para assento e encosto, prefira os laváveis e escuros, que são mais resistentes, e não se esqueça de contabilizar esse custo ao valor final da peça.

Como Dispor as Mesas de Jantar nas Salas

Quem não gosta de ter uma sala de jantar elegante, e, ao mesmo tempo, funcional? Não é de fato uma tarefa muito simples fazer a disposição correta dos móveis da sala de jantar para que ela fique agradável e elegante, em especial em apartamentos que não tenham muito espaço, uma vem que há poucas opções de disposição. Há segredos, porém, que podem ser aplicados e fazer com que o ambiente fique rico e  muito mais aconchegante. Basta escolher o modelo de mesa correto para cada tamanho e disposição de espaço de sala de jantar.

 

Vale lembrar que há no mercado uma série de modelos de mesas de jantar. Além dos conjuntos que podem ser comprados prontos, é interessante notar como se combinam mesas, cadeiras e lustres, que devem formar uma composição afinada de acordo com o estilo da casa.

 

A primeira regra  que deve ser levada em consideração é o espaço que precisa ser reservado para a circulação de pessoas, somente depois disso, é que se faz a escolha da mesa com as cadeiras. Reserve, ao redor da mesa, ao menos 1 m de espaço para a movimentação das cadeiras e a circulação das pessoas.

 

Procure misturar formas, é uma dica bastante inteligente. Mesas retangulares caem muito bem com cadeiras que tenham acabamento mais arredondado  no encosto. Já mesas com tampo de vidro caem muito bem com cadeiras que tenham encosto mais alto e sejam estofadas. Aposte, portanto, em contrastes.

 

Mesas retangulares ou quadradas ainda combinam muito bem com cadeiras de acrílico transparentes. Mesmo que elas sejam mais caras, é uma boa aposta. Confere um grau de modernidade à sala de jantar.

 

Disponha a mesa sempre na parte mais comprida do ambiente. Vale a regra de circulação aqui.

 

Também faça uso de aparadores, se caso a sala de jantar tiver um espaço bem limitado, o ideal é fazer o uso do recurso do espelho: espelhos são ótimos para conferir a sensação de amplitude do local.

 

Evite mesas redondas. Elas costumam achatar ainda mais o espaço. Mas, se a opção for por este modelo, invista em mesas que tenham pratos giratórios ao centro, para evitar que a circulação fique comprometida.

 

As mesas quadradas seguem praticamente o mesmo padrão da disposição das retangulares. Mas estão mais aconselhadas para ambientes mais apertados ainda. Mesas quadradas não devem ter mais do que 8 lugares, caso contrário ganham também um ar de achatamento.