Como Aplicar o Feng Shui em Sua Casa

Quem quer dar um up na decoração do interior de sua casa, pode se valer das práticas da filosofia milenar do feng shui. Filosofia de origem taoísta, o feng shui tem como intuito organizar os espaços com o fim de atrair influências benéficas da advindas da natureza. o primeiro passo para a aplicação das técnicas de feng shui em uma casa é fazer uma grande limpeza nela. Todo tipo de objeto que está acumulado e, pior, encostado sem qualquer tipo de utilidade, deve ser eliminado. De acordo com a filosofia, é imprescindível que as pessoas aprendam a se desapegar do que já não serve mais.

 

Outra questão é quanto ao armazenamento de objetos que estão danificados ou velhos e não são usados com grande frequência, tudo deve ser eliminado para que não roube energia dos moradores da casa.  Depois de realizada esta primeira organização, a casa deverá passar por uma limpeza geral, estar bem pintada, sem a presença de goteiras, lâmpadas queimadas, entre outros.

 

É ainda importante que sejam identificados os 5 elementos que são principais na arte do feng shui – Terra, Fogo, Água, Metal e Madeira.

 

De acordo com a filosofia do feng shui, é importante que seja dado uma atenção grande à porta de entrada da casa. Por ela, é que entramos e saímos, trazendo e levando energias. Por isso, a porta é um acesso ao mundo exterior e interior. Não se deve deixar porta emperrando ou com fechaduras quebradas. Deixe tudo em plena harmonia.

 

Também é importante que numeração da casa esteja sempre a vista para que as oportunidades também o encontrem.

 

É imprescindível que todos os elementos que estiverem impedindo a visão da entrada da sua casa sejam retirados. Às vezes é difícil percebermos o que está em desarmonia porque estamos acostumados com ela. Uma dica é tirar fotos de todos os cômodos incluindo o banheiro e analisar um por um, sentindo o que está em desarmonia e em excesso, como, por exemplo: iluminação, pintura, disposição dos móveis, enfeites.

 

Dentro de casa, os cuidados devem ser redobrados. Diversifique o uso de cores na sua casa. Quando tudo é da mesma cor, o ambiente torna-se frio. Os móveis devem ter bordas arredondadas. Evite os que são pontiagudos, que podem causar acidentes. O excesso pode ser prejudicial. Por isso, evite ter muitos enfeites, pois eles causam uma poluição visual e obstruem a energia Chi. Os lixos da casa devem ser eliminados com frequência, pois atraem energia negativa. As lixeiras devem estar sempre tampadas, assim como as portas do banheiro e a tampa do vaso sanitário. Também tenha sempre plantas em casa, em especial árvores na sala de estar.

Segredos Para Decorar Ambientes Pequenos

Uma dúvida muito grande por parte de quem precisa fazer a decoração de um ambiente pequeno é como fazer com que este ambiente pareça maior do que realmente é. Além disso, é ainda crucial que o ambiente seja aproveitado de maneira otimizada para que ele garanta conforto e beleza a quem vive nele. Os especialistas em decoração e designers de interiores garantem que o segredo para ter uma casa e / ou apartamento pequeno decorado como o da capa da revista X, não são as belas fotos e ângulos, mas em saber aproveitar cada pedacinho do espaço de forma funcional.

 

Decoração é uma arte e o segredo dela está em não carregar demais os ambientes, quaisquer que eles sejam. Se forem pequenos então, parasse ter sucesso no processo decorativo, é fundamental aprender a não colocar objetos em demasia em um ambiente que cabe poucos. Se, aproveitado cada centímetro de forma correta, os efeitos podem ser surpreendentes.

 

Vale lembrar que, embora muita gente saiba disso, é importante conhecer como a palma da mão as medidas de todos os cômodos da casa. Isto é importante para poder planejar de forma correta cada ambiente. Pense  que para ter uma boa circulação e mais espaço, a quantidade da mobília deve ser mínima e os móveis devem ter as medidas exatas do espaço onde serão acomodados.

 

A escolha das cores é outro ponto de suma importância e que tem influência direta na percepção de tamanho do ambiente. Para as paredes e tapetes, o melhor é apostar em tons claros e neutros. Já no caso dos objetos, as cores podem ser fortes e com detalhes. Mas não se esqueça de que decorar um ambiente pequeno exige moderação e os exageros podem comprometer o visual do ambiente.

 

Aposte muito em uso de espelhos e de iluminação para a decoração de um ambiente pequeno. Se colocado em local estratégico, o espelho dá a impressão de que o espaço é maior. Melhor ainda se a decoração for complementada com uma iluminação que traga a sensação de amplitude e aconchego.

 

Para decorar a sala pequena – importante ambiente da casa – substitua sofás grandes e espaçosos por poltronas menores ou pufes e as estantes por racks. Para decorar uma cozinha pequena, use mesas de tampo de vidro e espelhos para dar mais profundidade no espaço, a mesma dica vale para decorar uma sala de jantar pequena. Os móveis planejados, de preferência na cor branca, dão mais leveza e uma aparência maior ao ambiente, por isso são ideais para decorar quartos pequenos.

Faça Uso de Sofá Cama Para Aproveitar Melhor os Espaços

Para quem achou que a peça não seria possível, enganou-se profundamente. O uso da cama-sofá está em alta na decoração de interiores, em especial de ambiente que são bem pequenos. Aliás, a cama-sofá continuará sendo o hit dos designers, uma vez que é difícil fugir da tendência do mercado de casas e apartamentos cada vez menores. Mas é importante que não se confunda cama-sofá, a um móvel de dupla função, que tem o tamanho de um sofá e, quando aberto, de uma cama. Trata-se de uma nova proposta para ambientes pequenos que é deixar a cama com a estética e o conforto de um sofá, para torná-lo convidativo também para se sentar.

 

A Cama-sofá possui algumas características mais peculiares. Para ser montar uma cama-sofá é importante um colchão confortável que não seja muito mole, um painel ou parede onde a cama ficará encostada, além de muitas almofadas para dar aconchego e aspecto de sofá.

 

Uma boa opção é escolher painéis acolchoados para serem colocados na parede que servirá de apoio à cama-sofá. No caso da parede, para deixá-la menos fria ao toque, usar papel de parede também é uma boa pedida. A cama-sofá combina principalmente com ambientes mais íntimos, como quartos e home offices. Isso porque sua função principal é ser cama. Já em uma sala grande a ideia não é tão adaptável. Salas de tevê, por exemplo, pedem algo mais refinado,  mais social, com sofás que tenham tecidos mais apropriados para o dia a dia. Ao colocar a cama-sofá nesse espaço, pode dar a impressão de algo improvisado, uma estética pouco elaborada.

 

Vale lembrar que o aspecto da cama-sofá deve seguir diretamente a decoração e estilo que já está predominando no ambiente. Para evitar erros, uma ideia muito assertiva é fazer uso de cores e combinações totalmente neutras que possam ser harmonizadas com as já existentes no local onde se deseja colocar a cama-sofá.

 

A ideia de uma cama-sofá vale tanto para quarto de crianças, solteiros e casais. O seu uso, por exemplo, irá favorecer a circulação no ambiente, em especial se ele for pequeno. É importante pensar no espaço de circulação em volta da cama-sofá para evitar esbarrões e dificuldade para caminhar. Deve ser de, no mínimo, 60 cm. Mas, tudo irá depender do móvel que está ao lado. Se tiver um armário baixo ao lado, a circulação deve ser de 60 cm. Se tiver um móvel mais alto, 80 a 90 cm.

Dicas Para Decorar Apartamento Alugado

Decorar um apartamento alugado nem sempre é a tarefa mais fácil, já que a solução para alguns aspectos que incomodam os moradores não deve ser feita por meio de uma grande reforma. Os imóveis que são alugados em geral apresentam pisos antigos, janelas sem graça, pouco charme e nenhum personalidade. E realmente não vale a pena gastar com reformas que sejam permitidas pelo proprietário, muito menos com móveis planejados. No entanto, algumas medidas práticas e econômicas, serão suficientes para incrementar os cômodos da casa,  e dar uma aspectos de “lar doce lar” ao ambiente.

 

O campeão das críticas e das reclamações em enquetes sobre o que mais incomoda em apartamentos alugados é o piso. Os pisos dos apartamentos costumam ser antigos, velhos, riscados, trincados. Quando o piso não agrada de forma nenhuma o morador, o ideal é que ele seja coberto por um tapete. Aposte em tapetes. Os tapetes são as melhores soluções para encobrir os desgastes provocados pelo tempo. Uma outra possibilidade mais moderninha são os pisos de madeira flutuante, que são colocados por encaixe e pressão. No futuro, se precisar voltar ao piso original, é só soltar o piso flutuante, que, se bem retirado, pode até ser reaproveitado no próximo imóvel.

 

As paredes são se graça? Renove-as com tinta ou papel de parede. Mas, se optar por colocar papel de parede, vai ter o custo dobrado, pois será cobrada a retirada do papel na hora da entrega do imóvel; às vezes é preciso lixar e passar uma massa, por causa da cola, e depois pintar. Portanto, o melhor é somente escolher uma cor de tinta, que já ilumina e muda completamente o visual do ambiente. Também é possível fazer uma combinação com composição de quadros e objetos na parede, que disfarçaria a cor que não agrada tanto.

 

Não gosta dos azulejos e / ou revestimentos? É possível mudar o ambiente de maneira simples e barata. Aposte em adesivos de vinil. A aplicação é simples e pode ser feita pelo próprio morador. Vale apostar em estampas divertidas com toque retrô e de aspecto moderno. Pintar os azulejos com tinta epóxi pode ser uma possibilidade, mas mais custosa e trabalhosa. Uma opção, caso o azulejo seja de cor lisa, é renovar o rejunte, aplicando um com cor. Mas, este tipo de mudança sempre implica na retomada da cor original que havia no apartamento. Então, é importante verificar se vale ou não à pena.

Dicas Para Decorar Apartamento de Solteiro

Decorar um ambiente nem sempre é tarefa fácil para quem já entende ou é especialista no assunto. Para alguns homens então, a tarefa de decorar o próprio apartamento parece algo do outro mundo. No entanto, há um mito também corrente nessa afirmação. Homens gostam sim de organizar o espaço deles, com bom gosto, sofisticação e arrojo. Assim como as mulheres, há alguns que possuem mais interesse e facilidade em desenvolver a tarefa do que outros. Quem ainda possui muitas dúvidas sobre o que fazer, basta seguir a rega de outro: menos é sempre mais.

 

Nunca exagere na decoração de um ambiente, mesmo se gostar de diferentes móveis, objetos e quadros, verifique se todos eles combinam entre si. Por outro lado, homens são mais práticos. Então, não aposte apenas no simplismo de colorar apenas um sofá na sala e a tevê. Aposte em móveis úteis como mesas de centro, de canto, um bom tapete, quadros. Não se esqueça de um abajur ou lustres que corroborem na decoração. Opte ainda por cores que combinem entre si, em geral tom sobre tom.

 

Aposte na personalização do ambiente. Homens também querem um local para chamar de seu, então vale muito apostar em objetos decorativos que remetam à personalidade do homem que vivi na casa. Carros em miniatura, uma mesa de bilhar (por que não?), pequenos mimos, quadro com figuras das bandas preferidas nas paredes,  todos os objetos irão ajudar a compor a personalização do ambiente.

 

Na cozinha, não deixe nada encaixotado. Garrafas de bebida, por exemplo, devem ser colocadas em pequenas mesinhas. Além de muito mais prático, ficam bonitas e dão um novo visual ao ambiente. Se a cozinha for no estilo americano e o apartamento compacto, a mesinha com bebida pode ficar no balcão, oferecendo um charme a mais, deixando o local convidativo para um bate-papo bem descontraído, enquanto as refeições são preparadas.

 

Quem preferir e disponibilizar de mais espaço, um bom local para fazer um barzinho é a casada do apartamento. Mesmo em tempos de valorização de espaço gourmet, vale à pena a aposta.

 

Na cozinha, torne os aparelhos eletrodomésticos objetos decorativos. A ideia é que além de mais praticidade, os aparelhos ajudem a deixar o ambiente mais colorido e harmônico. Uma tendência bem forte é evitar armários de cozinha muito grandes. Opte por prateleiras – cujo custo é menor e acabam facilitando a organização, já que tudo fica à mostra. Há modelos que podem combinar com todos os estilos e gostos.

Dica Para Decoração de Apartamentos de Homens

É mito que homem não gosta de decoração. Em especial entre os homens que moram sozinhos, eles gostam sim de decorar suas casas e apartamentos com estilo e bom gosto. Se eles possuem qualquer dúvida quanto às combinações estas podem ser dizimadas rapidamente com a ajuda de profissionais especializados em designers de interiores e / ou decoração. E se o orçamento estiver um pouco apertado, basta fazer uso de criatividade, arregaçar a mangas e por em prática ideias simples que podem fazer toda a diferença na decoração do ambiente.

 

Homens que vivem sozinhos, de maneira geral, optam por apartamentos pequenos e ou softs. Isto é um dado apontado por empresas que são especialistas no ramo imobiliário. O público masculino, apesar se fazer a opção por imóveis de menor porte, preferem os que estão melhor localizados, bem como os que costumam oferecer serviços do gênero concierne – lavanderia, por exemplo. Isto facilita a vida quanto à organização diária.

 

Diferente das mulheres, os homens não costumam acumular uma quantidade significativa de objetos, é muito raro. Há casos em que os homens possuem coleções específicas e, quando isto acontece é ideal que as coleções entrem na composição decorativa da casa e / ou apartamento.

 

Dessa maneira, fica mais fácil aproveitar melhor os espaços dos ambientes. Para quem está no processo de decoração de uma casa, o ideal é investir em sobriedade nas cores das paredes – fica bem estilo masculino – branco, cinza, preto, bege, marrom. Paredes de tijolo são uma ótima opção.

 

Em contraste com as paredes, para que os ambientes não fiquem frios em demasia, o ideal é apostar em móveis com cores mais quentes. Eles, ao contrário do que se imagina, reforçam essa ideia de hombridade, assim como detalhes de couro, aço inox e até mesmo concreto.

 

Invista em tecnologia. Em casa de homem não podem faltar aparelhos eletrônicos de todas as ordens.

 

Aposte na ideia da personalização. Para personalizar ainda mais o ambiente, os homens mais geeks, além dos itens de última geração, sempre buscam ter um canto especial para seus pôsteres, livros, games, HQs. Já os homens com o gosto mais esportivo, que gostam de representar suas paixões pelo futebol, por exemplo, vale muito ter uma coleção de pôsteres na parede da sala ou do quarto. Os amantes de esportes radicais, uma bicicleta na sala é uma boa pedida.

 

Já se o estilo do homem for mais artístico, vale apostar em um design mais futurista ou despojado com grafites em algumas paredes.

Como Decorar um Apartamento em Estilo Estúdio?

Quem está para se mudar para um apartamento em estilo estúdio, precisa de algumas dicas muito assertivas para fazer a decoração desse tipo de imóvel, que em geral, não oferece mais do que 30 ou 50 metros quadrados de espaço. Como se trata de um imóvel que é geralmente aberto – ou seja – não apresenta divisórias, qualquer errinho na composição do ambiente pode representar a perda de espaço.

 

Quanto menor o apartamento, maior será a dificuldade em dividir ambientes com paredes. A partir de 40 metros quadrados já é possível fazer essa divisão física, mas não é aconselhável. Morar em um apartamento do tipo estúdio requer organização e decoração com móveis planejados, e isso inclui delimitar ambientes com móveis, iluminação, tapetes ou até com portas de correr, que podem se transformar em perfeitos armários que escondem ambientes inteiros. Ainda assim, os profissionais especialistas em arquitetura, de forma unânime, não recomendam a divisão desse tipo de imóvel com paredes, uma vez que elas assassinam ainda mais os espaços, que já são bem limitados.

 

As apostas para estes dividir estes ambientes são móveis vazados, modulares e compactos. Uma estante vazada, uma bancada multifuncional, além dos móveis retráteis são opções assertivas e que podem conferir divisão sem sufocar o local.

 

Para a montagem do quarto, por exemplo, a cama deve ser posicionada diretamente contra a parede, paralela ou perpendicular a ela. Colocar a cama no centro do quarto irá tomar muito espaço e fará o apartamento parecer menor. No entanto, se o espaço é muito restrito, considere investir em uma cama embutida, para que se possa transformar a cama em sofá quando estiver com visitas em casa.

 

Aposte em muitos espelhos e cores claras nas paredes. Quando mais espelhos, mais a sensação de amplitude. Entre as cores claras, prefira o branco, bege, ou os tons muito claros de verde, de azul ou de amarelo para as paredes. Paredes de cores escuras como azul ou vermelho farão com que o apartamento pareça menor e mais lotado. Prefira cores neutras como o bege, cinza ou o marrom para a mobília. Além disso, adicione peças de destaque como almofadas, tecidos decorativos, poltronas ou peças de arte. Desta maneira, é possível  adicionar cor sem criar um visual bagunçado.

 

Também é muito aconselhável que em ao menos uma parede seja aplicada algum tipo de textura. A textura quebra a monotonia dos ambientes e ainda confere um ar mais diferenciado.

Arquitetura: Diferentes Tipos de Esquadrias e Seus Usos

Para quem não conhece a linguagem de arquitetura, no momento de fazer uma obra pode ser uma confusão só. E não é para menos. Hoje, há tantos nomes de produtos quanto os materiais que estão à disposição não somente dos arquitetos, mas também da população comum. Por exemplo, esquadria é o nome que é dado em um projeto ou obra, às janelas, às portas, aos portões, às venezianas, e todas as aberturas que tenham a mesma natureza. As janelas, de modo geral, possuem a função de ventilação, isolação, passagem de claridade, além de ser importante elemento decorativo de um interior. São as janelas que favorecem a visão do local.

 

Tanto janelas e portas podem ser colocadas de diferentes modos,  desde que estejam de acordo com os projetos iniciais constantes nas plantas. As portas também auxiliam no processo de iluminação, na amplificação do ambiente, na ventilação dos cômodos. É por esta razão que a escolha de portas e janelas deve ser a mais adequada possível dentro década projeto de arquitetura e construção.

 

Por isso é que algumas portas e janelas devem ficar melhor se escondidas do que à mostra, uma vez que eles não precisam ser incorporadas aos elementos de decoração dos interiores.

 

Há ainda algumas recomendações no que concerne à colocação de janelas em certos ambientes. É importante, por exemplo, que janelas e portas que estejam sob a face norte seja protegidas e sombreadas para que a luz natural adentre o local, mas que este não fique exposto o tempo todo aos excessos de raios solares.

 

Portas e janelas devem ser posicionadas de maneira que evitem a entrada de certos ruídos externos que não permitam a tranquilidade no ambiente. Em locais onde haja muito problema sonoro, é importante fazer a instalação de algum tipo de sistema acústico, como folhas de vidro duplas, que impedem a passagem de som.

 

Sempre que possível, é viável que em banheiros sejam instaladas mais de uma janela, para permitir uma maior circulação de ar. Mas é preciso lembra que esteticamente a instalação de mais de uma janela precisa ser viável.

 

Também procure aproveitar em seu projeto a instalação de janelas que ocupem toda a parede. O efeito é de mais iluminação natural e esteticamente produz uma sensação de muito mais amplitude ao ambiente.

 

Vale ainda lembra que as janelas e portas podem ser feitas de materiais diversos, senso que a opção por um modelo ou outro são dependentes, de maneira direta, dos tipos de acabamentos que predominarão nas casas e ou nos ambientes.

Aposte em Portas Largas e Puxadores Modernos

Uma das apostas para dar um tom com muito requinte à decoração de interiores é apostar em colocação de portas largas nas entradas das casas, bem como de seus interiores.  E não é somente isto, uma bela porta sem um puxador robusto não vai fazer a diferença no conjunto. Vale lembrar que os modelos de portas mais largas estão em alta.

 

As portas largas com puxadores modernos e robustos  dão um ar sofisticado à decoração de qualquer ambiente. À primeira vista, parece ser um luxo, mas diferentes modelos podem ser encontrados no mercado com opções para todos os gostos e todos os bolsos. Aprenda a usar as portas largas e puxadores robustos para a decoração do interior de sua casa e veja como é possível agregar muito mais beleza à área.

 

Algumas apostas que fogem das tradicionais devem ser a chave para as decorações de interiores no futuro. Como os espaços estão cada vez mais reduzidos e, ao mesmo tempo, há a necessidade de integrá-los, uma boa aposta são as portas largas de correr que são usadas para a separação de certos ambientes, como quartos e lavabos.

 

As peças grandes aparecem mais no conjunto e ainda ajudam a melhorar a circulação quando são de correr. E não é somente isto, portas largas de correr, embora pareçam ocupar muito espaço,  o efeito é justamente o contrário. Elas ainda fazem com que os ambientes ganhem uns centímetros a mais. Para que elas ganhem mais charme ainda, puxadores grandes verticais – cromados ou não – são apostas certeiras.

 

As portas podem ser de MDF com acabamento em esmalte acetinado, que no geral, custam bem menos do que os modelos de madeira maciça, que, aliás, já são raras de serem encontradas.

 

Vale ainda lembrar que será o tamanho da porta – e não apenas o gosto pessoal – que definirá o tamanho do puxador.

 

Portas com vãos maiores ainda conferem a ideia de imponência e proporciona um ambiente elegante e contemporâneo. No entanto, vale lembrar que batentes  e guarnições que sempre devem acompanhar as portas, precisarão ser feitos sob medida. Nem sempre o fabricante da porta possui o complemento em pronta entrega, uma vez que embora sejam tendências no mercado, as portas largas ainda não são tão comuns de serem vista sem várias residências.

 

Também tenha cuidado ao instalar e envernizar as portas que forem de madeira.

 

Alguns Truques Para Decorar Apartamentos de Até 60 m²

Nos últimos anos, a tendência do mercado imobiliário é a oferta de apartamentos que tenham no máximo, 60 metros quadrados. Na prática, isto desafiou não apenas os setores mobiliários a desenvolverem projetos que contemplem a decoração de ambientes compactos, como também os moradores a viverem bem em espaços cada vez mais reduzidos. Mobiliar um cômodo de maneira bem inteligente, assertiva, funcional e ainda garantir conforto é realmente uma tarefa heroica. Dessa maneira, apostar em móveis embutidos, para obtenção de mais espaço, bem como em outros truques de decoração de interiores, pode ser a melhor foram de otimizar os espaços.

 

Truques bem simples e que são conhecidos da grande maioria como o uso de espelhos, ajudam a transmitir a sensação de amplitude em um cômodo. Dependendo da forma que são dispostos, os espelhos ainda podem garantir a ideia de ambientes duplos e / ou divididos.

 

Ainda que se delimite os cômodos com o uso de espelhos, é importante fazer a decoração e harmonização dos ambientes com o uso de móveis que sejam bastante funcionais. Apostar em sofá-cama, ou cama sofá (que está em alta), poltronas  e mesas de canto, para decorar a sala de estar são opções muito assertivas, já que estes móveis não consomem muito espaço. Para alocar a tevê, painel na parede, com um rack logo abaixo, em linhas mais retas, harmonizam o ambiente. Aposte ainda em um tapete macio, e que seja quase do tamanho do sofá.

 

Para quartos, a aposta deve ficar por conta dos móveis modulares e / ou planejados. Eles são compactos e por isso aliam a praticidade à beleza. Também são altamente funcionais. O exemplo mais clássico é a cama embutida à estante que fica nas laterais. Com vários nichos, a estante tem a dupla função e organizar livros e demais objetos e ainda ajudar na composição decorativa. Outra pedida, ideal para quartos de crianças e adolescentes, é conjugar cama, estante e escrivaninha. Nesse caso, a cama pode ser suspensa, as estantes nas laterais, e a escrivaninha sob a cama. Para acessar, uma escada que pode ser deslizante.

 

Outro truque ainda para quartos é a presença de camas embutidas na parede. A cama é embutida no guarda-roupa, que pode ser suspenso. Para evitar problemas com a estrutura, que ficará sempre em um sobe e desde, a estrutura do armário é totalmente unida à cama.  Ocupa pouco espaço e é ideal para um jovem de até 80 quilos.