Dicas Para Escolher o Papel de Parede Para os Diferentes Ambientes da Casa

Quem quer mudar a decoração dos ambientes da casa ou ainda, está terminando uma obra e quer uma boa dica de decoração, é fazer o uso de papel de parede. O papel de parede pode ser um ótimo aliado nos processos de decoração, ele dá uma vida nova aos ambientes que precisam de renovação e para os novos, ele proporciona um efeito muito interessante no conjunto da obra. No entanto, é sempre bom lembrar que há alguns aspectos que devem ser considerados antes de fazer a aplicação do papel de parede.

 

Por exemplo, é importante que a obra já tenha sido totalmente concluída antes de fazer a aplicação do papel de parede. Também é fundamental que a parede esteja preparada para a aplicação. Não pode haver imperfeições na parede, ela teve ter condições para aplicação do papel, para assim garantir a durabilidade do produto. A preparação com massa corrida ou fundo preparador para gesso é necessária para que a superfície fique lisa e impermeável. Uma parede úmida ou com infiltração não é aconselhável.

 

Além disso, também é importante que a escolha seja adequada a cada ambiente.

 

Também é preciso saber de antemão quais serão as paredes que vão receber a aplicação desse tipo de material. Escolher apenas uma parede do cômodo para aplicar o papel vai fazer com que a parede selecionada seja o ponto de destaque do ambiente. Este tipo de aplicação é ideal para papéis com cores fortes ou estampas chamativas e elaboradas, além de ser uma boa opção para quem ainda quer se acostumar com o efeito do material.

 

Para quem quer aplicar papel de parede nos quartos, também deve se ater a alguns cuidados. Em quartos de criança, por exemplo, o mais recomendável é a utilização do papel de parede vinílico, uma vez que a lavagem é mais prática e ele acumula menos poeira que outros materiais.

 

Já em salas, tanto de jantar quanto de estar, a aplicação do papel em uma única parede é uma boa pedida para turbinar a decoração sem criar um efeito visual pesado quando combinado com almofadas, sofás, poltronas, cortinas, tapetes e outros objetos. Quem preferir, pode optar pela aplicação de tons mais neutros em todas as paredes, causando uma sensação mais tradicional e aconchegante.

 

Já para quem deseja aplicar na cozinha, as aplicações mais comuns são as que não ocupam todas as paredes. Escolha uma parede para ser o ponto focal, ou aproveite as áreas entre bancadas e armários para fazer uma aplicação de meia parede.

Arquitetura: Diferentes Tipos de Esquadrias e Seus Usos

Para quem não conhece a linguagem de arquitetura, no momento de fazer uma obra pode ser uma confusão só. E não é para menos. Hoje, há tantos nomes de produtos quanto os materiais que estão à disposição não somente dos arquitetos, mas também da população comum. Por exemplo, esquadria é o nome que é dado em um projeto ou obra, às janelas, às portas, aos portões, às venezianas, e todas as aberturas que tenham a mesma natureza. As janelas, de modo geral, possuem a função de ventilação, isolação, passagem de claridade, além de ser importante elemento decorativo de um interior. São as janelas que favorecem a visão do local.

 

Tanto janelas e portas podem ser colocadas de diferentes modos,  desde que estejam de acordo com os projetos iniciais constantes nas plantas. As portas também auxiliam no processo de iluminação, na amplificação do ambiente, na ventilação dos cômodos. É por esta razão que a escolha de portas e janelas deve ser a mais adequada possível dentro década projeto de arquitetura e construção.

 

Por isso é que algumas portas e janelas devem ficar melhor se escondidas do que à mostra, uma vez que eles não precisam ser incorporadas aos elementos de decoração dos interiores.

 

Há ainda algumas recomendações no que concerne à colocação de janelas em certos ambientes. É importante, por exemplo, que janelas e portas que estejam sob a face norte seja protegidas e sombreadas para que a luz natural adentre o local, mas que este não fique exposto o tempo todo aos excessos de raios solares.

 

Portas e janelas devem ser posicionadas de maneira que evitem a entrada de certos ruídos externos que não permitam a tranquilidade no ambiente. Em locais onde haja muito problema sonoro, é importante fazer a instalação de algum tipo de sistema acústico, como folhas de vidro duplas, que impedem a passagem de som.

 

Sempre que possível, é viável que em banheiros sejam instaladas mais de uma janela, para permitir uma maior circulação de ar. Mas é preciso lembra que esteticamente a instalação de mais de uma janela precisa ser viável.

 

Também procure aproveitar em seu projeto a instalação de janelas que ocupem toda a parede. O efeito é de mais iluminação natural e esteticamente produz uma sensação de muito mais amplitude ao ambiente.

 

Vale ainda lembra que as janelas e portas podem ser feitas de materiais diversos, senso que a opção por um modelo ou outro são dependentes, de maneira direta, dos tipos de acabamentos que predominarão nas casas e ou nos ambientes.